sexta-feira, 14 de julho de 2017

INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL LENITA IZABEL DA SILVA
TURMA: Nível III A
PROFESSORAS: Rudilane
                               Juliana
ESTAGIÁRIAS: Sabrina
                           Luciana

O CIRCUITO DE OBSTÁCULOS

                 O circuito de obstáculos exerce um papel importante no cotidiano das crianças, pois possibilita a aprendizagem de diversas habilidades, exige a  concentração, trabalha o equilíbrio, a coordenação motora, expressão corporal e decisão sobre qual movimento executar em cada obstáculo. Ao movimentar-se, as crianças expressam sentimentos, emoções e pensamentos, ampliando as possibilidades do uso significativo de gestos e posturas corporais.
Devemos promover, incentivar os processos de construção de autonomia , deslocamento das crianças no engatinhar e caminhar, na descoberta e conquistas dos espaços.
Sendo assim, aproveitamos o espaço da Instituição para organizar a atividade de circuito de obstáculos, utilizando materiais que fazem parte do dia a dia das crianças.
          As crianças deveriam realizar a atividade de acordo com as orientações da professora como: saltar com os pés juntos pelos bambolês, passar por baixo da mesa, caminhar sobre a caminha, caminhar em cima das cadeiras enfileiradas, finalizando com um salto no colchonete. 



INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL LENITA IZABEL DA SILVA
TURMA: Nível II B
PROFESSORAS: Priscila
                               Vanessa
ESTAGIÁRIAS: Nicole
                           Daniela

A CAIXA SURPRESA

Brincando a criança consegue desenvolver sua criatividade e interagir com o outro. As atividades lúdicas são importantes para o desenvolvimento das crianças e faz parte da educação infantil.
Ouvindo os sons do seu cotidiano, a criança vai adquirindo um repertório próprio e construindo seu vocabulário ao longo de sua infância. Apresentamos para as crianças a caixa surpresa, com o objetivo de ampliar a linguagem oral, a criatividade e a interação das crianças.
Dentro da caixa surpresa havia figuras de animais, cantamos músicas e ao término de cada canção, a criança retirava a imagem de um animal de dentro da caixa, dando as características e imitando os sons de cada um.